NACARATO | Dr. Paulo Mello Freire Nacarato



Telefone: 11 3062.2443



Benefícios do tratamento por laser dentário


Laser dentário na prática


Uma das inovações que o laser trouxe foi a remoção de cáries sem o uso de anestesia, já que a utilização do laser não costuma causar dor. Nesse caso, o laser agiria somente no tecido cariado, não atingindo as áreas que estão sadias, é uma remoção seletiva. A broca de alta rotação que o dentista costuma usar não consegue fazer essa remoção seletiva e acaba danificando a parte sadia do dente.


Não é só o trabalho do cirurgião dentista que fica facilitado com o uso do laser, o cliente também é beneficiado. Além do laser não causar dor na maioria das vezes – o que já é um grande avanço no combate ao medo de dentista – a aplicação de laser somada ao uso de um creme dental com flúor também combate o surgimento de cáries.


Pesquisadores da Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) comprovaram essa eficiência do laser de dióxido de carbono (CO2) no combate às caries. Os estudos foram feitos em laboratório e em 17 voluntários. O laser, quando aplicado nos dentes, cria uma barreira na superfície do esmalte que impede a penetração dos ácidos que causam as cáries.

Segundo o teste, quando o laser e o creme dental com flúor são utilizados em conjunto o desenvolvimento de cáries é inibido em 84%. O uso do laser de maneira isolada diminuiu a incidência de cáries em 35%, enquanto o creme dental com flúor reduziu em 47%. O laser potencializa a ação do creme dental e vice-versa.

A utilização do laser não se restringe apenas à prevenção ou ao tratamento de algumas doenças. Estudos dos últimos anos mostram que o laser também pode ser utilizado para detectar essas doenças.


O laser diminui muito a chance de erros no diagnóstico graças a seu alto índice de precisão. Essa precisão mostra inclusive se determinada lesão cariosa está ativa ou estabilizada. No caso das lesões estabilizadas, o cirurgião dentista pode estudar o caso, para ver se vale a pena interferir ou se é melhor deixar o dente como ele está. Não haverá mais o risco de se tratar uma lesão estabilizada como se fosse ativa.


O laser apresenta uma infinidade de aplicações em diversos procedimentos odontológicos de baixa e alta complexidade.


O laser é um tipo muito específico e característico de luz e sua aplicabilidade é ampla em diversas áreas da ciência. Dentro da Odontologia, o laser pode ser considerado um instrumento especial, uma vez que tem inúmeras aplicações e pode ser utilizado em diversos tratamentos como uma boa opção terapêutica, um excelente aparato cirúrgico com vantagens de fotocoagulação e minimização de efeitos de contaminação, por exemplo, e, ainda, como elemento coadjuvante em associação com outras técnicas de tratamento convencionais.


Os lasers de alta e baixa potência, assim como diversas outras tecnologias inseridas ao longo desses anos na Odontologia, têm um grande potencial dentro de todas as especialidades odontológicas. "O uso dos lasers, associados aos procedimentos convencionais, representa não apenas a possibilidade do profissional agregar ao seu tratamento os benefícios dessa terapia como também de agregar valores ao seu dia-a-dia no consultório pelo conhecimento científico e clínico na área de laser.


Atualmente, conseguimos realizar diagnósticos, terapias, cirurgias e outras atividades importantes desenvolvidas pelo profissional no consultório com o auxílio da luz.