NACARATO | Dr. Paulo Mello Freire Nacarato

RT- Paulo Mello Freire Nacarato
CROSP-36130
CROCL 9597
Clínica Geral


Telefone: 11 3062.2443



Sobre o laser dentário


01) Quais as funções do laser diodo de alta potência no tratamento dos dentes?


O laser diodo cirúrgico de alta potência atua de várias maneiras: com alto poder bactericida exerce uma eficaz descontaminação de bolsas periodontais, canais infectados por bactérias resistentes, descontaminação de lojas ósseas infectadas, tornando seguro qualquer procedimento de enxerto ósseo logo após a descontaminação. Atua também cortando e vaporizando tecidos moles com extrema facilidade, com pouquíssimo sangramento, e trauma cirúrgico, garantindo um excelente pós operatório, sem dor e com mínimo desconforto! O laser é um recurso eficiente para o tratamento dos dentes. É usado também com a finalidade terapêutica, no tratamento pós-cirúrgico de implantes dentários, enxertos, cirurgias odontológicas em geral, periodontia e promove uma cicatrização muito mais rápida dos tecidos ósseos e mucosos. Com o laser existe menos edemas, dor e hematomas. Dentre outras importantes aplicações terapêuticas temos o uso em tratamento de aftas, herpes (com significativa redução do período da doença de 15 para 5 dias), paralisia facial, parestesia pós-cirúrgica, língua geográfica e um grande número de patologias bucais.



02) O clareamento dental com laser e alta potência funciona?


Sim, porém hoje temos géis clareadores para uso em consultório que clareiam da mesma forma, sem a necessidade do laser de alta potência como fonte luminosa para ativação do gel de peróxido de hidrogênio. Existem inúmeros trabalhos científicos comparando ambos, e não existe diferença estatisticamente significante entre usar o laser com o gel ou apenas gel.



03) Quais são os principais motivos para o escurecimento dos dentes?


Existem dois tipos de manchas nos dentes, as intrínsecas (dentro do esmalte ou dentina, profundas) e as extrínsecas (superficiais aderidas sobre a superfície de esmalte ou dentina). As manchas intrínsecas são mais difíceis de ser removidas e exigem um tempo maior de tratamento, e devem ser muito bem diagnosticadas, antes de se definir o tipo de conduta clínica. Já as extrínsecas são removidas com maior facilidade através de métodos mecânicos como o ultrassom, o jato de bicarbonato, a raspagem manual e brocas multi-laminadas para alto grau de polimento. Temos vários motivos para o escurecimento dental: tratamentos de canal, efeito da idade, pessoas que na infância tomaram o antibiótico tetraciclina (sua molécula possui um pigmento castanho-acinzentado que se incorpora à matriz da dentina quando da formação do elemento dental), fumo, consumo diário de refrigerantes à base de cola, chás escuros, suco de uva, café puro, vinho tinto, alimentos como açaí, beterraba... toda bebida ou alimento que tenha corantes fortes. Com o passar dos anos as moléculas destes pigmentos penetram nos poros do esmalte (camada externa que recobre a coroa dental) atingindo a dentina (tecido amarelado subjacente do esmalte), promovendo o amarelamento dos dentes.



04) Quais são os principais motivos para o escurecimento dos dentes?


Por ser umas das eficientes, mais seguras e que conferem os melhores resultados na estética dos dentes. Importante salientar que o clareamento pode durar de 2 a 5 anos dependendo dos hábitos alimentares, se o paciente é fumante ou não, e se mantém visitas regulares ao consultório a cada 4 meses.